Oscar Que Nada! Queremos Prêmio Brian!

Na segunda-feira, teve início a mostra de filmes que vão concorrer ao Prêmio Brian, um evento que premia os melhores filmes ateus e agnósticos do Festival de Veneza.

Como assim?

É que todo ano tem o Festival de Veneza, o mais antigo festival de cinema do mundo. E, desde 2006, a União dos Ateus e Agnósticos Racionalistas premia o melhor filme apresentado nesse festival.

Para quem já sacou, o nome do prêmio faz uma clara alusão ao filme A Vida de Brian, do Monty Python, e premia os filmes que destacam valores como a racionalidade, respeito pelos direitos humanos, a democracia, liberdade de consciência, o princípio da igualdade de oportunidades nas instituições públicas, sem as distinções baseadas no sexo, identidade de gênero, orientação sexual ou religiosa.

FESTIVAL DE VENEZA

O Festival Internacional de Veneza vai acontecer entre os dias 28 de agosto e 7 de setembro. Mas, enquanto a data não chega, a União dos Ateus e Agnósticos Racionalistas vai passar alguns dos filmes que já venceram o Prêmio Brian:

“Os beijos nunca dados”, de Roberta Torre (2010)
“Os Idos de Março”, de George Clooney (2011)
“Philomena”, de Stephen Frears (2013)
“Spotlight”, de Tom McCarthy (2015)
“A Garota do Mundo” de Marco Danieli (2016)

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *