Carol Cleveland se Recusou a Fazer Topless

monty python carol cleveland toplessCarol Cleveland, a “python mulher”, nunca hesitou em fazer papéis que mostravam o máximo de sua figura voluptuosa, mas teve uma vez em que os caras do Monty Python foram longe demais.

Quando o roteiro de uma cena dizia que era para ela fazer topless, ela se recusou.

“Em um dos primeiros esquetes que íamos filmar, na praia de Torquay, e seria perseguida por um homem”

“Eu faria o tipo Marilyn Monroe, num vestido com um casaco de pele branco e um sutiã de renda”.

“Era para o meu sutiã sair depois de ser preso em um cacto. Aí eu correria para perto de John Cleese, e ele deveria dizer: ‘E Agora para algo completamente diferente”.

“Mas tinha uma multidão de pessoas na praia. Eu nunca gostei de fazer topless perto de bastante gente. Foi a única vez que eu disse ‘Não’ para os Pythons, então eles me filmaram correndo de costas”.

DESCULPAS
Na autobiografia, Carol Cleveland revelou que os pythons pediram desculpas a ela pelos papéis sexistas na série Flying Circus.

“Michael veio até mim logo no segundo ou terceiro episódio e disse que eu não era apenas um rostinho bonito. Ele se desculpou e disse ‘nós não somos bons em escrever para mulheres”.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *