Eric Idle Critica a Conta Oficial do Monty Python no Twitter

Eric Idle criticou a conta oficial do Monty Python no Twitter
“Não ouçam esse conselho de merda!”

Na tarde de ontem, Eric Idle criticou a conta oficial do Monty Python no Twitter.

Parecia apenas uma piada dele, mas a coisa foi séria mesmo!

Veja Mais Em: Cantor Sting Culpa Monty Python por Críticas ao seu Álbum

A conta oficial, que não é administrada por nenhum Python, fez uma postagem dizendo aos fãs “Saiam por sua conta e risco”.

Segundo o jornal Metro, hoje, o governo britânico autorizou os pubs, salões de cabeleireiros e restaurantes reabriram em toda a Inglaterra.

E o estagiário achou engraçado fazer piada com a situação, e chamou a situação de “Super Sábado”. Mas parece que não foi uma boa ideia.

QUARENTENA

No post, aparece uma foto com John Cleese, Michael Palin, Eric Idle, Terry Jones e Graham Chapman vestindo fantasias, mas a legenda dizia:

“É hora de tirar o pó da sua melhor roupa agora que os pubs e restaurantes estarão abertos a partir de amanhã. Qual Python vai inspirar sua roupa? #Monty Python”

Só que a piada não agradou Eric Idle.

TWITTER

Em sua conta pessoa, Idle escreveu:

“Não ouça. Este é um conselho de merda. Não tenho nada a ver com isso. Nas sábias palavras de minha esposa: ‘O que mudou?’. Nada. Não há cura, não há vacina”

Os fãs agradeceram pelo posicionamento de Eric Idle.

REPERCUSSÃO

Um seguidor dele perguntou quem administra a conta oficial do Monty Python no Twitter?

Idle respondeu que são boas pessoas, mas que erraram com esse post. “No momento em que escrevo, o tweet permanece no feed do Monty Python. A menos que seu pub seja chamado The Grim Reaper [O Ceifador], você deve ficar em casa”.

“Ouvir os conselhos de políticos sobre saúde é o motivo pelo qual os Estados Unidos são atualmente um incêndio violento de epidemia. Por favor se cuidem”

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *