Fawlty Towers e as Séries que os Críticos Odiaram no Início

O site Digital Spy fez uma lista com as “10 séries de TV que os críticos odiaram no início”.

A matéria começa citando Game of Thrones, uma série incrível que entra agora em sua sexta temporada.

“Mas alguns críticos (compreensivelmente) assumiram que uma série sobre dragões e feiticeiros nunca iria decolar. [A jornalista] Caitlin Moran não era uma fã, e chamou a série de ‘branca, reta e mais patriarcal do que o painel satírico da BBC2’, em sua análise do primeiro episódio”.

Daí a matéria segue para FriendsBreaking BadThe OfficeFamília Soprano, Arquivo-XHow I Met Your MotherThe West Wing.

Mas, o que nos importa mesmo, é quando a matéria cita a maravilhosa série pós-python Fawlty Towers, da carreira-solo de John Cleese.

Segundo o site, essa série “é considerada uma das maiores sitcoms de todos os tempos, mas nem todo mundo entendeu no início. E, aqueles que não gostaram, permanecem inimigos de John Cleese desde este dia. Ele até nomeou um personagem até um deles ser pego com uma boneca inflável”.

O jornal The Spectator daquela época fez a seguinte crítica ao primeiro episódio:

“A batalha permanente entre o Sr. e a Sra Fawlty é obsessiva e o som de um homem que gritava no auge de sua voz durante meia hora é obrigado a se tornar chato. Existe a mesma tendência do Monty Python em fazer uma piada e martelá-la impiedosamente no chão. A histeria é a atmosfera que prevalece, mas não é uma histeria saudável. Fawlty de Cleese parece desagradável e com falta de humanidade”.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *