Flying Circus: Os Diferentes Créditos Finais da Série

Uma das coisas mais legais no Monty Python é a gigantesca criatividade, inclusive nos créditos finais.

O grupo sempre inovou nas piadas, fossem elas nos diálogos, fossem no visual da série Monty Python’s Flying Circus.

Veja Mais Em: Eric Idle Confirma Novo Filme do Monty Python Para Este Ano

E é da série que vou falar agora!

Todos os episódios da série tinham créditos finais, até aí tudo bem.

CRÉDITOS

Mas nove deles eram diferentes da maioria, e eu vou listá-los aqui embaixo:

  • Créditos com Spam: No episódio Spam (episódio 12 da segunda temporada), os nomes dos Pythons aparecem misturados às palavras “Spam”, assim como no esquete de mesmo nome.

 

  • Créditos com Alan Whicker: No episódio Whicker’s World (or: Njorl’s Saga) (episódio 1 da terceira temporada), os nomes dos Pythons aparecem como se fossem parentes do apresentador Alan Whicker.

 

  • Créditos escritos no papel: No episódio Mr. and Mrs. Brian Norris’ Ford Popular (episódio 2 da terceira temporada), os Pythons satirizaram o corte de verbas da BBC, e os créditos foram apresentados da forma mais simples possível: uma folha de papel.

 

  • Créditos escritos em antístrofe: No episódio Blood, Devastation, Death, War and Horror (episódio 4 da terceira temporada), os nomes dos Pythons aparecem em antístofre (que é quando inverte-se a ordem das letras numa palavra).

 

  • Créditos lidos por Eric Idle: No episódio The Nude Organist (or: The Nude Man) (episódio 9 da terceira temporada), os nomes dos Pythons são lidos por Eric Idle.

 

  • Créditos censurados: No episódio E. Henry Thripshaw’s Disease (episódio 10 da terceira temporada), os nomes aparecem com algum tipo de censura. A BBC censurou este episódio mais do que qualquer outro, cortando três esquetes e algumas animações de Gilliam.

 

  • Créditos com mulheres: No episódio Grandstand (or: The British Showbiz Awards) (episódio 13 da terceira temporada), os nomes dos Pythons aparecem seguidos de nomes de suas esposas, mas trocados, como se todos estivessem participando de um swing.

 

  • Créditos da peça Hamlet: No episódio Hamlet (episódio 4 da quarta temporada), os nomes dos Pythons aparecem como se fossem créditos da peça Hamlet, de William Shakespeare.

 

  • Créditos políticos: No episódio Party Political Broadcast (episódio 6 da quarta temporada), os nomes dos Pythons aparecem como membros de partidos políticos vindos das respectivas cidades.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *