Fundamentos Bíblicos são tão Poderosos nas Mãos Certas

01O jornal inglês The Guardian fez algumas críticas ao programa “The Bible”, do History Channel, dizendo ser pior do que um reality show.

Em certo momento, o artigo cita o filme A Paixão de Cristo, de Mel Gibson, dizendo que bateu recordes de bilheteria, apesar dos níveis de violência e acusação de ser anti-semita, e diz que Dan Brown fez fortuna com um conto mal escrito sobre Jesus.

De acordo com o jornal, “Fundamentos bíblicos estão enraizados em nossa cultura, e são tão poderosos nas mãos certas – como as do grupo Monty Python“.

O jornal se referiu ao filme A Vida de Brian, que, segundo os pythons, não faz uma crítica à religião, mas ao modo como se explora a religião.

(com informações de Alan Yuhas – The Guardian – 25-03-2013)

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *