Lembram do Max Headroom? Tem a ver com Monty Python

Sabe aquela velha teoria de que tudo e todos estão conectados a Monty Python de alguma forma?

Pois é, ela continua causando admirações.

A bola da vez é Max Headroom, personagem da série britânica de mesmo nome.

Ele era uma inteligência artificial criada em 1987, e foi considerado o primeiro apresentador de tevê gerado por computador do mundo.

Sua influência foi tamanha, fazendo com que a visão de futuro que tínhamos nos anos 1980 fosse inspirada nos trejeitos de Max.

(Um belo exemplo são os atendentes do “Café Anos 80”, do filme De Volta Para o Futuro – Parte II).

Na verdade, Max era interpretado pelo ator americano Matt Frewer, que ganhou fama por causa desse personagem.

Anos depois, ele interpretou o vizinho chato do Wayne Szalinski, no filme Querida, Encolhi as Crianças.

MONTY PYTHON

Tá, e o que Monty Python tem a ver com isso?

Acontece que antes de interpretar Max Headroom, Matt fez uma participação no filme O Sentido da Vida, na cena em que um escritório é atacado pelos piratas do Crimson Permanent Assurance.

Max Headroom fez uma participação especial no filme “Pixels”, do (argh!) Adam Sandler.

Nota da redação: No Brasil, Max Headroom foi exibido pela TV Manchete.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

2 thoughts on “Lembram do Max Headroom? Tem a ver com Monty Python

  • 26 de outubro de 2016 em 20:18
    Permalink

    Puxa, meu caro, forçou um pouquinho.. o personagem Max Headroom não tem a ver com os Python ou o Flying Circus. Foi somente o ator que atua no filme O Sentido da Vida. Se puxar essa meada isso não terá fim…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *