Not The Messiah (He’s a Very Naughty Boy)

not-the-messiah-logoUm oratório baseado no filme A Vida de Brian. Escrito por Eric Idle com músicas de John Du Prez.

Sua estreia mundial foi no Festival Luminato, em Toronto, no Canadá, no dia 1º de junho de 2007, no Roy Thomson Hall.

No espetáculo, Idle, como um “barítono” solista e narrador, reprisa alguns de seus papéis do filme, incluindo o Sr. Insolente, um homem no meio da multidão que pergunta se a mãe de Brian, Mandy, é virgem.

Os outros solistas eram os canadenses Theodore Baerg (baixo-barítono), a soprano Shannon Mercer (Judith Iscariotes), o tenor Christopher Sieber (Brian Cohen) e a mezzo-soprano Jean Stilwell (Mandy Cohen).

A Orquestra Sinfônica de Toronto foi conduzida pelo primo de Idle, Peter Oundjian, com participação de membros do coral Toronto Mendelssohn Choir e quatro tocadores de gaita de foles do exército britânico.

PRODUÇÃO
A parte “Barroque ‘n Roll (Rock Barroco)” é um pastiche de música pop, hinos galeses, doo-wop, hip hop, estilo Broadway, coro grego e Bob Dylan (interpretado por Idle).

“Hail to the Shoe (Saudação à Sandália)” é cantada no estilo do Coro “Aleluia”, de Handel, do oratório O Messias.

not-the-messiah-02
A Sra. Betty Palin

JUBILEU DE RUBI
Em 23 de outubro de 2009, Eric Idle, Michael Palin, Terry Jones e Terry Gilliam comemoraram os 40 anos de Monty Python com uma remontagem do oratório no Royal Albert Hall, em Londres, dirigido por Aubrey Powell.

Quando entrevistado sobre essa produção, Idle comentou: “É raro você chegar a ser bobo em uma escala em massa”.

A Rádio BBC 3 também transmitiu uma gravação desse show no Ano Novo de 2010 com a BBC Symphony Orchestra, orquestrada por John Du Prez. Idle reprisou seu papel, e Mercer fez Judith, enquanto os outros solistas foram William Ferguson (Brian), Rosalind Plowright (Mandy) e Christopher Purves (Reg).

not-the-messiah-03

O desempenho do show terminou com Michael Palin reprisando seu papel como Pôncio Pilatos no filme, seguido de uma performance de “The Lumberjack Song (A Canção do Lenhador)” acompanhado dos outros Pythons e Carol Cleveland.

REPERTÓRIO:

  • Introit: Overture

The Liberty Bell (O Sino da Liberdade – Tema do programa Flying Circus)

  • Part One: Apocalypso Now (Parte Um: Apocalypso Now)

01Chaos and Confusion! (Caos e Confusão!). Uma paródia de Dmitri Shostakovitch.

There Shall Be Monsters (Haverá Monstros)

O God You Are So Big (Oh Deus, Você é Tão Grande). Referência ao filme O Sentido da Vida.

  • Part Two: The Boy Next Door (Parte Dois: O Garoto da Porta ao Lado)

Mandy’s Song (Canção da Mandy)

Woe Woe Woe!. Uma canção estilo doo-wop, que inclui uma referência ao esquete Nudge Nudge, do Flying Circus.

We Love Sheep (Nós Amamos Ovelhas). Uma paródia de “E Havia Pastores” e “Todos nós, como ovelhas, nos desviamos”, de Handel.

Spiritual (Espiritual)

  • Part Three: The Temptation of Brian (Parte Três: A Tentação de Brian)

Brian’s Dream (O Sonho de Brian)

What Have the Romans Ever Done For Us? (O Que os Romanos Fizeram Por Nós?)

The People’s Front of Judea (A Frente Judaica Popular)

I Want To Be A Girl (Eu Quero ser uma Garota)

The Market Square (A Praça do Mercado)

You’re The One (Você é o Escolhido). A Orquestra é acompanhada por um quarteto de tocadores de gaita de foles.

  • Part Four: Baroque and Roll (Parte Quatro: Rock Barroco)

Hail To The Shoe! (Saudação à Sandália!). Paródia de “Hallelujah”, de Handel.

01

Amourdeus. Um coral sexual.

The Chosen One Has Woken! (O Escolhido Acordou!)

When They Grow Up (Quando Cresceu)

The Chosen One (cont.) (O Escolhido)

Individuals (Indivíduos). Inclui uma participação de Bob Dylan (interpretado por Idle tocando violão e gaita de boca).

  • Part Five: Miserere Loves Company (Parte Cinco: Miserere Ama Companhia)

Find Your Dream (Busque o seu Sonho)

Arrested! (Preso!)

A Fair Day’s Work (Um Dia de Trabalho Cansativo)

not-the-messiah-04

The Final Song (A Canção Final). Inclui a música “Always Look on the Bright Side of Life”.

The Lumberjack Song, cantado por Michael Palin.

not-the-messiah01

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *