“Reconheço meu pai em mim Agora”

01Em uma entrevista para o jornal inglês Express, o python Michael Palin filosofou sobre algumas coisas da sua personalidade.

“Eu reconheço meu pai em mim agora. Ele costumava ter uma espécie de assovio terrivelmente irritante. Minha esposa sempre me diz: ‘Você é igualzinho ao seu pai’, como quando eu vou pegar algo na geladeira e eu faço esse assobio estranho”.

Quanto aos seus anos de avanço, Palin reflete: “Eu não quero viver até uma idade em que todas as pessoas que eu conheço já morreram. Eu acho que você tem que envelhecer com seus companheiros”.

(com informações de Adam Helliker – Express – 24-03-2013)

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *