Site Publica Estudo Sobre A Velocidade de Uma Andorinha Carregando um Coco

No dia 10, postei aqui um estudo sobre o andar tolo, publicado por uma revista científica.

Pois, desta vez, um site publicou um estudo calculando a velocidade de voo de uma andorinha carregando um coco.

Veja Mais Em: Uma das 20 Melhores Paródias do Super-Homem

“Andorinha carregando um coco” é uma dúvida que todo fã do filme Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado tem.

De acordo com o site Interesting Engineering, é necessário determinar quais aves deverão ser analisadas nesse estudo. “Existe uma andorinha europeia, mas não existe uma andorinha africana”.

Então, o site analisou apenas as capacidades da andorinha europeia.

ESTUDO

Segundo uma pesquisa da Unidade de Demografia Aviária da Universidade de Capetown, a andorinha europeia tem, em média, 12,2 cm de comprimento e pesa cerca de 20 gramas.

O estudo, chamado “Prevendo a Frequência do Bater de Asas e o Comprimento de Aves Aquáticas”, estima que uma andorinha europeia bata suas asas 12 vezes por segundo.

Além do mais, o estudo estima que, cada vez que a andorinha bate as asas, a distância percorrida é de 0,75 metros.

Multiplicando o número de batimentos de asas por segundo pela distância (12 x 0,75), chegamos à conclusão de que a andorinha voa numa velocidade de 9 metros por segundo.

MONTY PYTHON

Ou seja, a velocidade média de uma andorinha sem carga é de 32 km/h.

Mas o que queremos saber aqui é: Qual a velocidade de uma andorinha com carga?

Seria possível uma andorinha de 20 gramas pegar um coco e transportá-lo para a Europa?

O estudo afirma ser impossível isso acontecer.

“Não há como um pássaro tão pequeno carregar um coco com mais do que o dobro do seu peso”.

COCOS

Mas, vamos imaginar uma andorinha carregando o menor coco do mundo.

Segundo o India Book of Records, o menor coco já registrado pesa 3,84 gramas.

Então, a questão é: uma andorinha de 20 gramas pode transportar um coco de 3,38 gramas?

A resposta é: “Provavelmente não”.

Tendo essa resposta em mente, a conclusão do estudo é:

“Uma andorinha de 20 gramas carregando um coco com apenas um quinto do seu peso parece mais provável do que uma andorinha de 20 gramas carregando um coco com o dobro do seu peso”

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *