John Cleese Afirma que Artistas Devem Substituir os Críticos

John Cleese, do Monty Python, é a favor dos artistasOs membros do Monty Python sempre lutaram em favor dos artistas, inclusive criticando os críticos.

Mas, desta vez, a crítica veio de John Cleese.

Ele sugeriu que os artistas deveriam substituir os críticos que não possuem nenhum tipo de experiência.

Veja Mais Em: Flying Circus: A Aula de Italiano Para Italianos

Em sua conta oficial do twitter, Cleese usou o exemplo de ex-jogadores de críquete que agora se tornaram comentaristas na televisão britânica.

Então, ele perguntou: “Será que o mesmo princípio agora pode ser aplicado às Artes?”.

“Em vez de ter críticos que não escrevem, atuam, cantam ou dançam, não teríamos comentários superiores de pessoas que fazem isso?”

CRÍTICOS

Ele comentou, também, sobre a crítica artística de pessoas sem talento, sugerindo que eles são “surpreendentemente ignorantes sobre o processo”.

Segundo o jornal britânico The Independent, o tweet de Cleese gerou uma série de respostas a favor e contra o python.

Então, teve um fã que respondeu citando o crítico Roger Ebert, falecido em 2013: “Uma coisa ótima sobre Roger Ebert é que ele escreveu Beyond the Valley of the Dolls e viu o que aconteceria. Ele foi o raro crítico que deixou a espada ensanguentada”.

Só que outro fã quis polemizar o tweet de Cleese, sendo contrário ao python: “Diferentes conjuntos de habilidades. Da mesma forma que as pessoas que apagam incêndios não são necessariamente incendiários”.

E vocês, estão do lado do Monty Python e os artistas ou do lado dos críticos?

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *