Flying Circus: O Assalto que não é Ilegal

Esta é a história de como a Inglaterra decidiu qual é um dos grandes crimes do país.

No dia 23 de novembro de 1969, foi ao ar na série Monty Python‘s Flying Circus o episódio 6 da primeira temporada: “It’s the Arts (or: The BBC Entry to the Zinc Stoat of Budapest)”.

O segundo esquete do episódio chama-se “Non-Illegal Robbery (Roubo Não-Ilegal)”, e conta a história de um grupo de cinco homens que estão prestes a cometer um crime.

Só que não.

ILEGAL

O esquete começa com Michael Palin, o líder, explicando o plano para o pessoal:

“Às 10h45 você, Reg, me coloca junto com Ken na van, e nos leve para o Centro Inglês de Jóias. Nós chegamos do lado de fora às 10h50. Reg continua com o carro e estaciona do outro lado. Às 10h51 eu irei entrar no Centro Inglês de Jóias aonde você, Vic, disfarçado de cliente irá me encontrar e me dará 5,18 libras. Às 10h52 irei me aproximar da bancada e comprarei um relógio custando 5,18 libras. Então eu darei o relógio para você, Vic…”

O plano continua, e o personagem de Terry Jones contesta o chefe:

“Não parece que estamos fazendo nada de ilegal, nós estamos pagando pelo relógio. Nós nunca infringimos a maldita lei! No assalto da semana passada, nós entramos no banco usando máscaras e sacamos 15 libras da minha conta…”

E ei que o chefe, interpretado por Palin, retruca:

“Eu não vou arriscar o ataque todo apenas para violar a lei!”

É nesse momento que Terry Jones pergunta:

“Não poderíamos estacionar na faixa dupla amarela?”

CRIME

Segundo o livro “Monty Python’s Flying Circus Complete and Annotated”, estacionar na faixa dupla amarela é considerado até hoje um dos grandes crimes na Inglaterra.

Quem estaciona nesse lugar tem o veículo rebocado rapidamente.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *