Graham Chapman Desconfiava Que Era Roubado Pelos Pythons

Durante a entrevista, Cleese afirmou que Graham Chapman desconfiava do Monty PythonDurante uma entrevista, John Cleese afirmou que Graham Chapman desconfiava que o Monty Python o roubava.

Segundo Cleese, seu amigo era um “fantasista”.

Veja Mais Em: Pythoneando 11 – Sobre cockney, Buñuel e as velhas que aplaudem

A entrevista aconteceu no podcast Id10t, apresentado pelo ator Chris Hardwick.

Nela, Cleese contou que nunca sabia o que Chapman pensava da amizade deles. “Se ele estivesse de mau humor, era capaz de dizer algo bastante cruel, então nunca confiei totalmente nele”.

DINHEIRO

Depois que os Pythons se separaram (a partir de 1983, eles seguiram carreiras diferentes), Chapman se convenceu de que o dinheiro que o grupo ganhava em direitos autorais estava sendo escondido dele.

“Ele falava coisas que aconteceram entre nós que eram simplesmente insanas”, contou Cleese.

CHAPMAN

Além disso, o contador que fazia as finanças do grupo recebia uma ligação de outro contador a cada três meses, com o objetivo de saber de todos os números.

“Ele tinha certeza de que havia mais dinheiro em algum lugar, e que os Pythons estavam esbanjando”

John Cleese finalizou dizendo que o contador do Monty Python dava os números ao contador de Graham Chapman. Então, o contador ia embora e, três ou quatro meses depois, um contador diferente aparecia e fazia a mesma coisa.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *