The Monty Python Instant Record Collection

220px-MontyPythonInstantRecordCollectionLançado em 1977
Selo: Charisma

Este é na verdade o título de dois álbuns de compilação divulgados pelo grupo. O primeiro no Reino Unido, em 1977, e outro nos EUA, em 1981.

Ele foi classificado como “a escolha do melhor de alguns hits recentemente repetidos novamente, vol. II.”

Os desenhos inclusos na versão norteamericana é muito diferente dos desenhos da versão inglesa.

FAIXAS

Lado A (Versão Inglesa)

Introductions

Alistair Cooke

Nudge, Nudge

Mrs. Nigger-Baiter

Constitutional Peasants

Fish Licence / Eric the Half a Bee (Eric, o Meio-a-Belha), conta a história da “licença de peixe”, em que o Sr. Eric Praline (John Cleese), tenta obter uma licença de animal de estimação para um linguado e vários outros animais de estimação, todos chamado Eric. Um animal de estimação é como uma meia abelha. A música relata o conto dessa meia abelha, tendo feito relações carnais com um humano em uma tarde de verão. As letras levantam questões filosóficas sobre a existência ou não de uma meia-abelha.

Australian Table Wines

Silly Noises

Novel Writing

Elephantoplasty

How To Do It

Gumby Cherry Orchard

Oscar Wilde

Lado B

Introduction

Argument

French Taunter

Summarise Proust Competition

Cheese Emporium

Funerals at Prestatyn

Camelot

Word Association

Bruces

Parrot

Monty Python Theme, “The Liberty Bell (O Sino da Liberdade)”, de 1893, é uma marcha militar norteamericana composta por John Philip Sousa. Quem a escolheu para ser usada na abertura do Flying Circus foi Terry Gilliam, que disse ter escolhido porque não tinha nada a ver com o programa. Também foi escolhida porque era de domínio público. Os integrantes aprovaram a abertura e o modo como a música é interrompida bruscamente pelo Pé do Cupido e o barulho de peido.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *