Outro Filme Fracassado de Eric Idle

Em agosto de 2015, postei aqui sobre o filme fracassado de Eric Idle, “Quem Não Herda… Fica na Mesma” (Splitting Heirs), que amarga vergonhosos 8% no site Rotten Tomatoes.

E eu digo uma coisa, assisti esse filme e gostei. Tem um quê de Sessão da Tarde.

Só que esse não é o único filme de Idle que foi um fracasso de crítica e de público. Apresento-lhes “Hollywood – Muito Além das Câmeras”.

Com o nome original “Burn Hollywood Burn (em Portugal ficou “Um Realizador de Respeito”), o filme foi lançado em 1997 e hoje é considerado um dos piores filmes de todos os tempos.

A diferença entre este filme e o “Quem Não Herda… Fica na Mesma”, é que neste Idle apenas atuou.

Ele ganhou cinco prêmios Framboesa de Ouro, inclusive o de Pior Filme do Ano. Ele teve um orçamento estimado em 10 milhões de dólares, mas arrecadou menos de 53 mil dólares.

Um dos motivos alegados, foi que o filme foi lançado apenas em 19 salas de cinema. No Brasil, ele veio diretamente para vídeo.

Ah, e ele também amarga os tais 8% no Rotten Tomatoes.

ENREDO

Alan Smithee (Eric Idle), um diretor de cinema, dirigiu “Trio”, um filme de ação de grande orçamento estrelado por Sylvester Stallone, Whoopi Goldberg e Jackie Chan.

O estúdio responsável pelo lançamento, faz algumas edições no filme, e quando Smithee vê o resultado (que ele descreve como sendo “pior do que Showgirls”), acha o resultado sofrível.

Ao perceber que não pode usar um pseudônimo para lança-lo, o diretor rouba o filme e foge, ameaçando queimá-lo.

ELENCO

Eric Idle – (Alan Smithee)
Ryan O’Neal – (James Edmunds)
Coolio – (Dion Brothers)
Chuck D – (Leon Brothers)
Richard Jeni – (Jerry Glover)

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS

Sylvester Stallone, Whoopi Goldberg, Jackie Chan, Robert Evans, Robert Shapiro, Shane Black, Larry King e Billy Bob Thornton, entre outros.

CURIOSIDADES

O filme foi escrito por Joe Eszterhas (que também escreveu “Showgirls”), que se tornou a primeira pessoa a ganhar quatro prêmios “Framboesa de Ouro” por um único filme: Pior Filme, Pior RoteiroPior Ator Coadjuvante e Pior Nova Estrela.

Tecnicamente, ele também recebeu um co-indicação para o prêmio Pior Casal na Tela, uma vez que “Hollywood – Muito Além das Câmeras” foi nomeado para “quaisquer duas pessoas que aparecem juntos na tela”.

Só que o filme não ganhou nesta categoria.

OUTROS PAÍSES
“Hollywood al rojo vivo” (Argentina)
“Jak dobýt Hollywood…” (República Tcheca)
“Die Hölle Hollywood” (Alemanha)
“¡Arde Hollywood!” (Espanha)
“An Alan Smithee Film” (França)
“To Hollywood flegetai!” (Grécia)
“Hollywood brucia” (Itália)
“Spalic Hollywood” (Polônia)
“Гори, Голливуд, гори” (Rússia)

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *