Pythoneando 11 – Sobre cockney, Buñuel e as velhas que aplaudem

Começando o capítulo 11 do “Pythoneando”, o podcast do site (quase) mais completo sobre Monty Python do Brasil!

Começando ao melhor estilo Pearl Jam, diga-se de passagem.

Nota da redação: Mandem críticas ou sugestões para o email [email protected]

E neste capítulo 11, eu contei uma curiosidade sobre uma piada interna dos membros do Monty Python.

E aí, qual será essa piada interna?

Você sabia que Michael Palin e Terry Jones são formados em História? Então, eu falei de uma série escrita pelos dois, que misturava História com humor.

Sabe aquela cena com algumas senhoras aplaudindo, que aparece como link em vários esquetes da série Monty Python’s Flying Circus?

Você sabe de onde surgiu aquelas senhoras?

BRIGHT SIDE OF LIFE
E você, você sempre olha para o lado brilhante da vida ou não?

Pois na sessão musical, eu falei da cação “Always Look on the Bright Side of Life”, do filme A Vida de Brian.

CITAÇÕES
Conforme prometido, clique aqui para ler o artigo “Luis Buñuel e Monty Python”, de Cássio Tolpolar.

Aqui, um trecho do programa “The Complete and Utter History of Britain”:

As famosas senhoras aplaudindo:

Deixo aqui, também, uma bela aula do sotaque cockney:

E também deixo aqui alguns covers de “Always Look on the Bright Side of Life”:

https://www.youtube.com/watch?v=33WqiUHtSBA

ASSINE NOSSOS FEEDS | DOWNLOAD

Músicas usadas nesse episódio:

Tema da emissora Thames Television
Konversão – Even Flow (Pearl Jam cover)
Tema da série Monty Python’s Flying Circus
Beatles – We Can Work It Out
Tim Maia – Dia de Santo Rei
Type O Negative – Christian Woman
UB40 – Red Red Wine
Enya – The Force of Angels

Sessão musical do podcast:
“Always Look on the Bright Side of Life”, da trilha sonora do filme A Vida de Brian

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

One thought on “Pythoneando 11 – Sobre cockney, Buñuel e as velhas que aplaudem

  • 26 de setembro de 2016 em 11:43
    Permalink

    Gostei da explicação sobre o cockney! Além do filme, sugiro a série My Mad Fat Diary, o elenco todo fala com o sotaque, é difícil de entender no começo, mas legal pra ver as diferenças de pronúncia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *