Teólogo diz que Brian é um Tributo à Jesus

jesus-vida-de-brianEle já foi denunciado como blasfemo e um insulto para os cristãos, mas um dos teólogos mais respeitados da Grã-Bretanha insistiu que A Vida de Brian é na verdade um “tributo notável à vida de Jesus”.

O reverendo Richard Burridge, decano da Faculdade Londres, disse que os cristãos que pediram o banimento do filme depois de seu lançamento, em 1979, estavam “vergonhosamente mal-informados e perderam a grande oportunidade de promover a mensagem cristã”.

O reverendo disse ainda que a descrição dos movimentos messiânicos no filme é provavelmente o retrato mais historicamente correto da definição de Jesus.

Burridge disse que os Pythons tinham a intenção de escrever uma sátira sobre Jesus, mas tiveram que recorrer ao uso de um messias ficcional como uma homenagem à singularidade de Cristo, mas que os cristãos não conseguiram entender.

Ele disse: “Acho que é um tributo extraordinário à vida e obra de Jesus”.

E acrescentou: “O que os pythons estavam satirizando eram as mentes fechadas, o fundamentalismo e a perseguição, e ao mesmo tempo dizendo que a única pessoa que se eleva acima de tudo isso é Jesus”.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *