Michael Palin não se Acha Satírico

Vejam só, um membro do Monty Python não se acha satírico.

Esse membro é Michael Palin.

Em vez disso, ele acha que os pythons estavam interessados em burlar as pessoas no poder, que é exatamente o que seu último filme, A Morte de Stálin, faz.

Veja Mais Em: Os Simpsons Homenageando Monty Python? 

PALIN
Em uma entrevista, logo após a estreia do novo filme, em Londres, ele explicou que não se sente realmente um satírico, mas que vê o absurdo das pessoas no poder.

“Nós fizemos várias dessas coisas com o Monty Python, as pessoas em situação de autoridade sendo suavemente pressionadas para parecerem tão ridículas”.

Veja Mais Em: Confira as Artes da Exposição Monty Python 

“Muito deste filme [A Morte de Stálin] é sobre burocracia. Trata-se de pessoas que se dão nomes e rótulos, o que é bastante engraçado, eu acho. É ridículo mesmo”.

STÁLIN
A Morte de Stálin é o filme mais recente do diretor Armando Iannucci, e conta a história dos últimos dias do ex-presidente da União Soviética, Joseph Stalin, e no caos que a nação comunista virou na sequência da sua morte.

https://www.youtube.com/watch?v=Y5ULqtyZuxo

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 38 anos na cara. Às vezes grava o podcast Pythoneando, e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor do livro "A História (quase) Definitiva de Monty Python"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *